domingo, 21 de outubro de 2007

Demora, mas vem

Irmãos Alecsandro e Richarlyson duelam no Morumbi (Fotos: globoesporte.com)

Por Alexandre Mortari

Seria uma seqüência para colocar fogo no Campeonato Brasileiro. Para o líder São Paulo começar a mostrar falta de fôlego e permitir a aproximação de seu perseguidor mais perigoso. Na época, o Cruzeiro.

A falta de fôlego do time são-paulino realmente deu sinais. Mas faltou ainda mais para o time mineiro. Resultado: o São Paulo chega para o confronto contra o Cruzeiro, no Morumbi, com uma vantagem de pontos para o Cruzeiro ainda maior do que aquela do início desta seqüência.

Nos últimos quatro jogos, os são-paulinos jogaram três vezes fora de casa, e apenas uma em seu estádio, no clássico contra o Corinthians. Venceu o Inter, empatou com o Fluminense e perdeu para Flamengo e o rival alvinegro, somando apenas quatro pontos.

Já o Cruzeiro recebeu Figueirense e Santos, perdendo os dois jogos. Depois apenas empatou fora de casa com Goiás e, novamente no Mineirão, com o Náutico. Fez dois pontos, e agora joga contra o líder com 11 pontos de desvantagem.

Santos, Palmeiras e Grêmio tiveram desempenho melhor no mesmo período, mas que serviu apenas para se aproximarem do Cruzeiro e esquentarem a disputa por vagas na Copa Libertadores da América em 2008.

Após relembrar as últimas rodadas do Brasileirão, é mais fácil dizer: o São Paulo é o campeão brasileiro de 2007. Sim, eu sei, muita gente diz isso há muito tempo. Mas eu queria esperar esses quatro jogos pré-confronto direto para poder dizer.

Ainda acho que corro um certo risco, mas agora bem pequeno. Porque mesmo uma vitória cruzeirense no domingo teria efeito pequeno numa queda tricolor. A diferença cairia para oito pontos, faltando seis rodadas.

Pode até ser que o título demore um pouco mais para chegar do que imaginavam são-paulinos. Principalmente porque a equipe já não demonstra a mesma força neste final de temporada. Mas ele chegará. Principalmente porque será difícil o Cruzeiro vencer. Ainda acredito no São Paulo jogando no Morumbi.

Alexandre Mortari é veterano nos estádios da terra da garoa. Trabalhou na Rádio Globo, no UOL e na agência MBPress. Hoje, é web editor do MSN. Escreve sobre futebol paulista às sextas-feiras.

Um comentário:

Anônimo disse...

GAY's